18 de junho de 2017

CONTA-GOTAS...NOTÍCIAS

Ascensão e queda
JUSTIÇA LEVA A LEILÃO 27 IMÓVEIS DA COPERVALE
Fundada na década de 1940, a cooperativa fez sucesso com seus produtos “Centenário”
Sem qualquer confirmação oficial de que a empresa tenha sido vendida e suas dívidas saldadas, a Justiça dá prosseguimento ao processo de recuperação judicial e anuncia o leilão de 27 imóveis pertencentes à Cooperativa Regional de Produtores de Leite do Vale do Rio Grande  - a Copervale, com sede em Uberaba (MG).
O lance inicial supera os R$ 12 milhões, envolvendo imóveis de Uberaba, Conceição das Alagoas, Campo Florido, Veríssimo e Água Comprida – todas localizadas no Triângulo Mineiro.
Leilão está marcado para dia 6 de julho de 2017, às 13h, no Fórum Melo Viana (Avenida Maranhão, 1,580, Santa Maria, Uberaba).
Recuperação judicial tramita na Vara de Execuções Fiscais, Empresariais e Registros
Públicos da Comarca de Uberaba, sob o comando do juiz Stefano Renato Raymundo.  Administradora judicial é Elizete Beatriz Seixlack e o leiloeiro oficial é Gustavo Costa Aguiar Oliveira.
Edital completo e maiores informações poderão ser obtidos por meio do portal www.gpleiloes.com.br, pelo telefone (31) 3241-4164 ou WhatsApp (31) 98685-0810.
Queda
Em outubro de 2007, a cidade-sede, a região e o país foram surpreendidos quando a  Operação “Ouro Branco” – desencadeada pela Polícia Federal para investigar denúncias de fraudes no leite, desvendou um esquema de fraude no leite produzido pela Copervale. Um funcionário da empresa – que teve a identidade preservada, teria denunciado à PF que a Copervale estaria adulterando o leite com a adição de soda cáustica.
Em fevereiro de 2012 saiu a sentença da Justiça Federal condenando 18 pessoas, incluindo diretores da cooperativa, os responsáveis pela criação da fórmula, funcionários e até  fiscal agropecuário federal que era responsável pela fiscalização da cooperativa e acabou sendo conivente com o esquema.
A prisão de pessoas envolvidas com o esquema foi o golpe fatal na cooperativa, cujas dívidas somariam algo em torno de R$ 23 milhões.
Ascensão
Fundada em 1948 por 28 produtores da região do Triângulo Mineiro, em menos de 15 anos de existência, a Copervale já inaugurava uma fábrica de queijos para a produção do queijo minas e muçarela. Na década de 1970 a empresa passou a empacotar leite comercializado em embalagens plásticas, e em 1982 inaugurou uma usina. A partir de 1992 ingressou no mercado do leite longa vida, e desde então, foram só conquistas.
Seus produtos “Centenário” incluíram leite longa vida (integral e desnatado), requeijão cremoso e em barra, ricota fresca e ricota fresca condimentada, queijo muçarela nozinho, queijo muçarela trancinha, queijo muçarela palito, queijo parmesão, queijo minas padrão, queijo provolone, queijo prato, queijo prato “Corocó”, queijo minas frescal, manteiga, doce de leite...
Denúncia
A cooperativa beneficiava cerca de 160 mil litros de leite por dia, mas, de acordo com a investigação, apenas o leite longa vida integral foi alvo da fraude.
O esquema, segundo a denúncia, funcionava da seguinte maneira: o leite era recebido dos produtores rurais e, no momento do beneficiamento, a solução química composta por soda cáustica, ácido cítrico, citrato de sódio, sal, açúcar e água era adicionada ao produto para aumentar o volume e o prazo de validade e, com isso, aumentar a lucratividade.
----------------------

Mitos eleitorais
TSE LANÇA CAMPANHA PARA DESMISTIFICAR LENDAS
A partir de 18/06/2017, domingo, o Tribunal Superior Eleitoral/TSE ocupa espaços nas redes sociais para esclarecer dúvidas.
“Votar nulo anula uma eleição?” é o primeiro tema da campanha “Mitos Eleitorais” abordado na fanpage do TSE no Facebook e no perfil do Tribunal no Twitter.
Foram criados nove vídeos que ajudarão a elucidar os assuntos. Os vídeos utilizam a linguagem infográfica, são curtos e animados, totalmente voltados para as redes sociais.
Os outros temas da campanha são: Voto em branco vai para quem está ganhando? Voto em branco é igual a voto nulo? É eleito sempre o candidato que possui mais votos? Quem não votou na última eleição não pode votar na próxima? Depois da eleição é possível saber em quem o eleitor votou? Quem é convocado para ser mesário, será convocado sempre? Ninguém pode ser preso no dia da eleição? O eleitor pode votar usando a camiseta do seu partido?
Também faz parte da campanha uma ação específica no perfil oficial do TSE no Twitter (@TSEJusbr), uma espécie de jogo em que o eleitor poderá testar seus conhecimentos eleitorais.
-----------------------

Prata da casa
VEM AÍ, “O APOCALIPSE SEGUNDO JESUS CRISTO”...
Muita expectativa cerca o lançamento da mais recente obra do uberabense Dioclécio Campos Júnior – que acontece dia 23/06, sexta-feira, na sede do Museu de Artes Decorativas/Mada de Uberaba. O Apocalipse Segundo Jesus Cristo (Chiado Editora) integra a coleção Viagens na Ficção.
Membro titular da Academia Brasileira de Pediatria, o autor foi presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria/SBP em duas gestões e secretário-executivo do Ministério da Saúde.
É formado em Medicina pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM, mestre e doutor em Pediatria pela Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica, e professor emérito da Universidade de Brasília/UnB - título que recebeu em 2012 por ter projetado e buscado recursos para a construção do Instituto da Criança e do Adolescente do Hospital Universitário de Brasília/HUB.
No Ministério da Saúde, Dioclécio Júnior assumiu a gestão e formulação de políticas públicas para o governo federal, e na SBP participou da elaboração do projeto de lei destinado a ampliar a duração da licença-maternidade para seis meses.
Origens 
Dioclécio Júnior é sobrinho de Fidélis Reis e filho do ex-vereador Dioclécio Campos, que está sendo homenageado pela Câmara de Uberaba pelo aniversário de 100 anos de idade. Ex-bancário, formado em Ciências Contábeis, Dioclécio – o pai, também foi empresário do setor imobiliário; era filiado à União Democrática Nacional/UDN quando foi vereador na legislatura 1955/1958, época em que a função não era remunerada. Ele é autor da lei que criou o Teatro Municipal de Uberaba – atualmente sediado no Cine Vera Cruz.

-------------------

REUNIÕES ENTRE O SECRETÁRIO WELLINGTON CARDOSO E PESSOAS
 LIGADAS AO UBER - REALIZADAS EM JANEIRO E JUNHO
(FOTOS: NETO TALMELI/SECRETARIA ESPECIAL DE COMUNICAÇÃO)
Proposta de regularização
UBER PAGA MULTAS EM UBERABA, MAS GOVERNO QUER PROPRIETÁRIOS À MESA DE NEGOCIAÇÕES
Em meio a muita polêmica entre taxistas tradicionais e defensores do Uber, o governo municipal de Uberaba tenta um acordo que possa apaziguar a situação – o que passaria, obrigatoriamente, pela regularização do transporte oferecido através de aplicativo.
Desde janeiro de 2017 (à esquerda), o secretário Wellington Cardoso Ramos (Defesa Social, Trânsito e Transporte) tem conversado com pessoas ligadas ao Uber – advogado e motoristas, mas na última reunião, agora em junho, ele deu um prazo para que os proprietários da empresa compareçam pessoalmente para negociar.
Com isso, o governo municipal suspendeu a fiscalização – que já culminou com 18 notificações, apreensão de veículos e multas. Os motoristas não foram penalizados, e de acordo com Wellington Cardoso, todas as multas registradas até agora foram pagas por um advogado do aplicativo.
A Câmara de Vereadores prepara audiência pública para debater o assunto, mas também quer a presença dos proprietários para que o assunto avence.
Uberaba tem regulamentação própria para o transporte de passageiros - vans escolares, táxis, mototáxis, fretamento, e qualquer transporte que esteja fora dessas categorias, é considerado clandestino.

---------------------

Retificação de nomes
PTN VIRA “PODEMOS” E PT DO B QUER SE TORNAR “AVANTE”
Com aprovação unânime pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Partido Trabalhista Nacional/PTN muda de nome. Passa a se chamar “Podemos” – que segundo a direção nacional da legenda tem origem na expressão "Sim, nós podemos" (yes, we can), da campanha de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos em 2008.
Presidido pela deputada federal Renata Abreu (SP), o Podemos tem mais de 2.300 comissões executivas municipais, 760 vereadores, 30 prefeitos, 54 vice-prefeitos e 17 deputados estaduais.
Com 175 filiados, o PTN/Podemos de Uberaba é presidido pelo radialista Paulo Garcia, e sua comissão executiva atual vence dia 31 de julho de 2017.
Outra legenda está pedindo retificação de nome ao TSE. Trata-se do Partido Trabalhista do Brasil/PT do B, que deseja se chamar “Avante”. Presidido pelo deputado federal Luís Tibé (MG), o PT do B tem quatro representantes na Câmara dos Deputados.
Com 146 filiados, o PT do B/Uberaba está sem comando desde 31 de dezembro de 2016.
----------------------

Emprego e renda
UBERABA PRESTIGIA EMPRESAS LOCAIS E GARANTE MAIS DE 3 MIL EMPREGOS 
Investimentos totais na ordem de R$ 217 mil e previsão de pelo menos 3.600 empregos. Este deve ser o resultado da assinatura de 26 contratos entre o governo municipal de Uberaba e empresas de diversos segmentos econômicos.
Numa única canetada o prefeito Paulo Piau (PMDB) oficializou uma série de incentivos para que as empresas possam instalar-se ou expandir-se na cidade. Todos os projetos passaram pelo crivo da Câmara de Vereadores e pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social de Uberaba.
Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Renato Gomes, lembra que as empresas, nesse caso, são de empreendedores locais – um dos “alvos” da lei de incentivos. Mas destaca que isso é feito sem que se tire os olhos de grandes empresas de fora.
Acordo firmado é de que as empresas utilizarão o serviço do Sine Municipal para fazer as contratações.
----------------

EM SUA COLUNA SEMANAL O LÍDER DO PSD, MEMBRO E EX-PRESIDENTE DA FRENTE
PARLAMENTAR DA AGROPECUÁRIA (FPA), MARCOS MONTES, LAMENTA QUE A
POLÍTICA ESTEJA SERVINDO DE PANO DE FUNDO PARA A INTOLERÂNCIA.
DETALHES NO SITE DO DEPUTADO FEDERAL ( https://goo.gl/336GBG )
-------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário